Aneel habilita todas as vendedoras dos leilões A-1 e A-2 de 2017

Por Canal Energia

30 de janeiro

Certames realizados em 22 de dezembro negociaram contratos de energia existente com duração de dois anos e inicio de entrega em 2018 e 2019

A Agência Nacional de Energia Elétrica homologou os resultados dos leilões de energia existente A-1 e A-2, de 2017, realizados em 22 de dezembro do ano passado, com a habilitação de todas as vendedoras dos certames. Nos leilões foram negociados contratos de suprimento de energia elétrica com duração de dois anos e início de entrega em 1º de janeiro de 2018 (A-1) e em 1º de janeiro de 2019 (A-2).
No primeiro certame foram contratados 288 lotes de 1 MWmédio cada, com um total de 5.045.760,00 MWh, com preço médio de venda de R$ 177,46 por MWh. O deságio médio em relação ao preço inicial de R$ 217,00/MWh ficou em 18,22%.
No Leilão A-2 a negociação envolveu 423 lotes de 1 MWmédio cada, com um total de 7.421.112 MWh, com preço médio de R$ 174,52 por MWh. O deságio médio foi de 9,6% em relação ao preço de referencia de R$ 193,00/MWh.
A comissão de licitação da Aneel constatou que as distribuidoras Energisa MS, Energisa PB, Energisa SE, Energisa TO e Coelba deixaram de depositar as garantias financeiras exigidas no edital. Já Cepisa, Light e CEA, que também participaram como compradoras, ficaram inadimplentes com obrigações setoriais. A Aneel vai analisar a situação de cada uma delas e pode aplicar penalidades pelo descumprimento de cláusulas do edital.