Aneel decide não cobrar tarifa extra na conta de luz até dezembro de 2020.

Por Uol

Belo Horizonte, 29 de maio de 2020.

A Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) decidiu hoje manter a bandeira verde tarifária acionada até o dia 31 de dezembro de 2020. Na prática, isso significa que não haverá cobrança de tarifa extra na conta de luz dos brasileiros neste ano marcado pela pandemia do novo coronavírus.

"Trata-se de mais uma medida emergencial da Agência para aliviar a conta de luz dos consumidores e auxiliar o setor elétrico em meio ao cenário de pandemia da covid-19", disse a agência em nota publicada no site oficial.

Os valores das bandeiras tarifárias são atualizados anualmente de acordo com fatores como estimativas de mercado, inflação, projeção de volume da produção nas usinas hidrelétricas, além do próprio histórico de operação do Sistema Interligado Nacional e os valores e limites do PLD (Preço de Liquidação das Diferenças).

A Aneel informou que "os impactos da pandemia no consumo de energia e nas atividades econômicas alteraram de forma significativa os estudos e parâmetros utilizados na proposta da Agência" e que a análise levou em conta também o cenário de redução de carga e perspectivas de geração de energia nos próximos meses. Também foi considerado o empréstimo ao setor elétrico feito pelo governo junto a bancos públicos e privados para aliviar a crise no setor.

A bandeira verde, que será aplicada até o fim do ano, representa a ausência de cobranças extras em tempos nos quais a produção de energia está mais alta. Em tempos de menor volume disponível, os preços aumentam com outras cores de bandeiras.

A cor amarela significa um "sinal de alerta" com valor um pouco maior, enquanto a vermelha sinaliza "condições ruins de geração" de energia. São duas fases, "vermelha 1" e "vermelha 2", que significam valores bem mais altos.

In: Uol